quinta-feira, 31 de maio de 2012

Uma Vocação, Um Testemunho

Testemunho vocacional: 
Ex-aluno do Instituto Teológico Pio XI é nomeado bispo. 

Monsenhor Jeremias Antônio de Jesus, ex-aluno do Instituto Teológico Pio XI, foi nomeado pelo Papa Bento XVI como novo bispo da Diocese de Guanhães, em Minas Gerais. O anúncio ocorrido no ultimo dia 30 de maio, e foi publicado na sessão “Renúncias e Nomeações” da sala de imprensa do Vaticano.

Por meio de nota emitida pelo seu Secretário Geral, Dom Leonardo Steiner, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil saudou o novo bispo da diocese mineira: “agradecemos a Deus pelo envio deste irmão para pastoreio”. 

Nascido no ano de 1966 em Atibaia, interior de São Paulo, Monsenhor Jeremias, cursou teologia no Instituto Teológico Pio XI, na capital paulista, sendo ordenado padre em 1993 e encardindo ao clero de Bragança Paulista, onde exerceu a função de reitor diocesano do Seminário Diocesano Imaculada Conceição (1994-1995 e 1998-2005) e administrador da Paróquia São Sebastião (1996-1997). Atuava desde 1999 como diretor da Escola de Teologia para Leigos de Atibaia e em 2006 tornou-se pároco da Paróquia Cristo Rei, na mesma cidade, onde também era Vigário Forâneo


Fonte: salesianos.org.br


ASMM

ADMA presente no Encontro das Famílias

Associação de Maria Auxiliadora (ADMA), está presente com um estande na Feira da Família no VII Encontro Mundial das Famílias, programado para 30 de maio a 3 de junho, em Milão, a vitrine dedicada às boas práticas, às idéias novas, ao bem já em ação em benefício das Famílias, a cidade de Milão está preparada para receber perto de um milhão de pessoas vindas de varios países, para participar das diversas atividades propostas no âmbito do VII Encontro Mundial das Famílias; e para ouvir as esperadas falas do Papa Bento XVI. 

A Feira Internacional da Família é parte integrante da iniciativa e foi pensada para ser uma ocasião de encontro, de troca, de visibilidade para as associações e fundações do mundo eclesial e civil, para entidades e empresas, e para aqueles que trabalham na área da Família. Um modo, enfim, de mostrar com maior evidência que a Família é um valor fundamental para a Sociedade. 

“Ser Família na escola de Dom Bosco – explica o Sr. Tullio Lucca, Presidente da ADMA – significa cultivar diversos aspectos do Carisma salesiano: a alegria de viver, o cuidado pela oração, a união com Deus no cotidiano, o serviço ao próximo, especialmente aos Jovens e aos Pobres, a confiança em Deus que é Pai providente, a entrega a Maria, que nos é Mãe e Mestra”. “Com esta participação, queremos mostrar a nossa experiência de famílias, fazendo referência à centralidade da Palavra de Deus e dos Sacramentos; ao cuidado pela vida conjugal e educativa; e à fidelidade aos próprios deveres no lar, no trabalho e na Igreja. Os frutos que em tantos anos temos experimentado são: um amor renovado cada dia entre o casal, a alegria das famílias que partilham caminhadas de fé e de educação. e o crescimento humano e cristão dos filhos”.
Para conhecer os conteúdos da experiência da ADMA e obter maiores informações, pode-se visitar o sítio da Associação: www.admadonbosco.org

Encontro da Família Salesiana 2012

No mês de maio vários grupos da família Salesiana, reuniram na casa geral de Roma para o encontro anual da Consultoria mundial, tiveram como temas o estudo da "Carta de Identidade Carismática da Família Salesiana", também uma primeira apresentação do tema da Estreia 2013; e de um recíproco intercâmbio de notícias dos diversos grupos. 

O vigário do Reitor-Mor, P. Adriano Bregolin, abriu os trabalhos com uma saudação e fazendo uma apresentação dos grupos participantes, fez também uma exposição da “Carta de Identidade Carismática da Família Salesiana de Dom Bosco” e cada grupo mostrou os planos e estratégias com que se empenharão por tornar conhecido o texto, dentro do próprio grupo, durante a partilha surgiu uma constante importante, que foi a apresentação do documento nos diversos planos de formação, tanto inicial como permanente. 

O Reitor-Mor fez um apanhado do tema da Estreia 2013, considerando três aspectos: um relançamento do “honesto cidadão” e do “bom cristão”; um retorno mais qualificado aos jovens; uma educação feita com o coração. 

E para concluir os trabalhos teve uma celebração eucaristica em seguida a apresentação dos trabalhos, dos Grupos da FS onde várias propostas surgiram para projetar a próxima edição dos ‘Dias de Espiritualidade da FS’ (DEFS), já programados para 17-20 de janeiro de 2013. 

A FS é um conjunto de 30 Grupos Eclesiais – de religiosos, consagrados e leigos –, identificados pela compartilha do Carisma de Dom Bosco.

As realidades concretas da VC

79ª USG: revitalização da VC e mundo mediático

A FS é um conjunto de 30 Grupos Eclesiais – de religiosos, consagrados e leigos –, identificados pela compartilha do Carisma de Dom Bosco, e estiveram presente a este encontro alguns dos superiores gerais e fundadores: o P. Chávez, Reitor-Mor dos Salesianos; o fundador dos “The Disciples”, P. Joseph D’Souza; a Conselheira para a FS das FMA, Ir. Maria Luisa Miranda; o Presidente da Associação de Maria Auxiliadora (ADMA), Sr. Tullio Lucca; o Presidente Mundial dos Ex-Alunos, Sr. Francesco Muceo; o Responsável Mundial dos Voluntários com Dom Bosco (CDB), Sr. Liborio Scibetta; e o Coordenador Geral dos Testemunhas do Ressuscitado, Sr. Lello Nicastro. Conduziu o encontro o P. Adriano Bregolin.

 Assembléia Semestral da União dos Superiores Gerais (USG), dedicada para à análise da Vida Consagrada (VC) na América Latino-Caribe, onde surgiu uma configuração uniforme da realidade da América Latino-Caribe, onde há um continente em transformação, sujeito a uma radical mudança de paradigmas, entre passado e presente, em que a síntese deste diagnostico concluiu-se que a VC deve ser medido por homens e mulheres de profundidade,

Outro tema discutido foi a Comunicação, Partindo das atitudes de Jesus – grande comunicador, homem da palavra e do silêncio, da meditação noturna e diurna, focalizou a sua atenção sobre o modelo da cultura digital atual, com uma visão ampla, dirigida também às orientações para a Nova Evangelização, verificou-se que “não basta dispor de meios ou de uma formação profissional; a formação ‘cultural’, doutrinal e espiritual se tornam indispensáveis” - Ir. Joana Puntel.

Devendo, levar em consideração que os jovens que hoje entram para as congregações religiosas provêm de um mundo diferente, mais ‘midial’ e digitalizado que o daquele de onde provieram os religiosos adultos; e exortou a perlustrar novas possibilidade para ser presença profética também na mídia.

Em conclusão P. Abella Battle sublinhou a necessária atenção a ser dispensada às realidades concretas da VC. Recordou outrossim que ela se deve constantemente repensar na sua perspectiva teológica e em estreita conexão com os questionamentos que advêm também dos pobres e dos excluídos, especialmente no contexto da América Latina, continente de desigualdades incomensuráveis.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Construindo um novo mundo

No Evangelho de Marcos(Mc 10,28-31),vemos a resposta de Jesus a uma indagação de Pedro, (Eis que nós deixamos tudo e te seguimos”), a resposta deixa claro sua indicação vocacional, ““Em verdade vos digo, quem tiver deixado casa, irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos, campos, por causa de mim e do Evangelho, 30receberá cem vezes mais agora, durante esta vida — casa, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, com perseguições — e, no mundo futuro, a vida eterna”. Pois esta pronuncia de Jesus norteia principalmente a um encontro com nós mesmos, e somos desafiados na nossa capacidade de abraçar a causa do Senhor.
Na realidade a provocação vocacional de Jesus remete a olhar mais profundo o interior de nosso coração, e verificar o quanto somos corajosos, a ponto de pedir para outro nos dizer como sou eu para você? 
Realmente é difícil fazer isso, muitas vezes precisamos disso para corrigir nosso coração e ao fazer isso somos capazes de sanar nossos erros e ir mais a frente, mas a frente como? 
Como dizia um Padre em sua homilia: a vocação é como uma pessoa que sabe fazer um gostoso bolo de chocolate, mas não fica só nisso é capaz de aprimorar e fazer um bolo delicioso de laranja, de cenoura, mas que não guarda só para si, é capaz de cortar em pedaços e distribuí-lo. 
Assim é a vocação distribuir o que temos de bom que é a graça de Deus, é como respirar, quando inspiramos, puxamos o ar para nosso pulmão, e isso nos mantém vivos, mas se seguramos este ar, acabamos morrendo, pois ficamos só no eu, mas é necessário expirar para continuar a vida, pois recebemos a Graça de Deus, e ela não para ficar guardada numa caixinha escondida só para mim, tenho que levá-la a outros e mostrar que esta graça é vida, e vida plena. 
Pois bem sejamos capazes a cada movimento lembrar disso e se alguém chegar cansado, reclamando da vida, não reclame também levante a moral e fale venha meu irmão sejamos capazes de viver a Graça que nos é dada, capazes de viver a nossa vocação. 


ASMM

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Ao vivo de Valdocco: Festa de Maria Auxiliadora 2012


O coração pulsante da devoção a Maria Auxiliadora em todo o mundo salesiano é, certamente, a Basílica de Valdocco. O templo, cuja construção foi iniciada em abril de 1865 e concluída em junho de 1868, continua a ser meta de muitas peregrinações. Mui rico o programa de preparação e celebração do ‘Dia 24 de Maio’. Poder-se-á acompanhar alguns encontros ao vivo por TV e em ‘streaming’.


Programa das transmissões ao vivo por Telepace e, em ‘streaming’, em :
Quarta-feira, 23 de maio
  •     21h00 Vigília Mariana, Terço, Celebração Penitencial, Ofício das Leituras
  •     24h00 Missa da Meia-Noite presidida por Dom Savio Hon Tai-Fai SDB , Secretário da Congregação para a Evangelização dos Povos –
Quinta-feira, 24 de maio
  •     solene Concelebração presidida por Dom Savio Hon Tai-Fai SDB , Secretário da Congregação para a Evangelização dos Povos – 11h00 ‘streaming’ – 13h00 reprise em Telepace.
  •     solene Concelebração presidida pelo P. Adriano Bregolin, Vigário do Reitor-Mor – 18h30
  •     solene procissão presidida por Dom Cesare Nosiglia, Arcebispo de Turim – 20h30.
É possível acompanhar pelo canal satelitar de Telepace (http://www.telepace.it/satellite.php) e em ‘streaming web’ em <http://www.missionidonbosco.tv/ >. Os horários devem-se entender sempre segundo o GMT/UTC+2.

Na Itália obra salesiana é atingida por terremoto


I danni alla chiesa di San Benedetto provocati dal terremoto

A obra salesiana de Ferrara foi atingida pelo terremoto de magnitude de 5,9 graus, este terromoto matou 7 pessoas e deixou mais de 4000 desabrigados. 

Segundo Pe Marco Lazzerini, do oratório de Ferrara, informou que a igreja da obra dedicada a São Bento, havia acabado de ser restaurada devido a um incêndio, ocorrido em junho de 2007, mas por causa do tremor, agora sofreu danos na cúpula e perdeu revestimentos. “.... estamos vivendo o medo das sacudidas de acomodação do terremoto: das 4h00 de domingo em diante, muito povo se reuniu aqui no Oratório. O desejo de não viver sozinhos este momento é palpável”, afirmou Pe Marco Lazzerini, hoje estão acomodadas nas instalações do Oratório cerca de 160 pessoas, pois ainda existe tremores de acomodação. 

Não há notícias de danos em outras obras salesianas

Fonte:http://www.infoans.org

terça-feira, 15 de maio de 2012

Oremos pelas vocações


Mamãe Margarida rogai junto com Nossa Senhora Auxiliadora a Jesus, por todos os vocacionados, principalmente aqueles que Jesus confiou a 
Dom Bosco em sua congregação.

ASMM

Cardeal Tarcisio Bertone um testemunho vocacional

video

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Um documentário inédito do Papa no Brasil

Um documentário inédito a partir da primeira visita do Papa Bento XVI a América Latina estará a disposição em breve para os brasileiros através de um documentário, e está em faze de finalização pela redação brasileira da Radio vaticano. 

a passagem do Papa Bento XVI por São Paulo e Aparecida do Norte e também em Guaratinguetá na fazenda Esperança, serão mostrados de forma emocionante onde imagens inéditas e exclusivas produzidas pelo Centro televisivo Vaticano, com uma linguagem simples e direta, a história da passagem do Papa pelo Brasil é narrada por quem viveu aqueles momentos mais intensos ao lado de Bento XVI. 
Estruturada com base nos principais pontos de cada evento com a presença do Papa., a narrativa, é conduzida entre outros por Dom Raymundo Damasceno Assis, Dom Odilo Pedro Scherer e Dom Cláudio Hummes e Frei Hans Stapel e “Nelsinho”, ambos fundadores da Fazenda Esperança. 

O trailer do documentário já foi exibido durante a 50° Assembleia Geral da CNBB, que aconteceu no mês passado, em Aparecida, e agora está disponível no Youtube. “A aclamação dos bispos presentes na Assembleia ao final da exibição nos deixou emocionados. Resgatar e reunir os episódios da passagem do Papa Bento XVI pelo nosso país foi um trabalho difícil. Contudo, agora temos a certeza de que essa histórica viagem ficará imortalizada neste documento”, diz Cesar Augusto dos Santos, responsável pelo Programa Brasileiro da Rádio Vaticano.

A previsão é que o documentário, cujo nome ainda está sendo escolhido, seja lançado no próximo mês de julho, durante a ExpoCatólica 2012, em São Paulo.


Assista ao trailer:   


video






Fonte: www.radiovaticana.org

ASMM

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Encontro reúne jovens em preparação para os 200 anos de Dom Bosco


Um encontro ocorrido em duas etapas de formação conforme diretrizes da Inspetoria Salesiana de São Paulo reuniu no dia 06 de maio a Pastoral do Colégio Dom Bosco de Piracicaba reuniu no Oratório São Mário, 130 jovens das duas Unidades do colégio (Assunção e Cidade Alta), vindos dos oratórios São Mário e São Domingos Sávio e do GAM – Grupo de Ação Missionária, formado por jovens ex-alunos. O objetivo foi a preparação dos 200 anos de nascimento de São João Bosco (1815-2015), fundador da Congregação Salesiana.  

A primeira etapa, teve como tema “Amigos de juventude de Dom Bosco” e a segunda, “Mestres espirituais.” Os facilitadores foram o teólogo salesiano Fábio Aurélio de Moraes e o ex-aluno e membro do GAM, Tiago Fuzatto. Os momentos de formação foram desenvolvidos através de oficinas e Pe. Ivan Tomasetto, encarregado da Pastoral do Dom Bosco de Piracicaba presidiu a celebração ao lado dos jovens. 

Fonte: salesianos.org.br
ASMM

Jogos Internacionais da Juventude Salesiana


Na Europa 1500 jovens provenientes de 11 paises deste continente participaram na cidade de Cracovia , dos XXII Jogos Internacionais da Juventude Salesiana, sendo o seu Patrono o Presidente da República Polonesa, Dr. Bronisław Komorowski.

Os jogos foram coordenados pela Organização Esportiva Salesiana, da República Polonesa, que promove nas crianças e nos jovens a paixão pelo esporte, a honesta competição e os princípios do “fair play”. Com o objetivo de oferecer à juventude salesiana uma ocasião de sadia competição esportiva, para construir um mundo novo através do esporte, baseado no humanismo cristão, o desenvolvimento da personalidade e o respeito aos valores. Teve também um significativo aspecto cultural cujo os jovens atletas puderam participar de diversas excursões guiadas. 

Ir. Maria do Carmo Canales FMA, Conselheira Geral para a PJ, em sua Mensagem de saudação escreveu: Nas competições destes dias, vós construís um mundo novo, baseado no respeito a cada pessoa, sobretudo às mais fracas. Respeitai e acrescei os valores da paz, da verdade, da bondade, da justiça, da liberdade, da dignidade humana, da solidariedade. Sejam as vossas competições realmente educativas, preparação à vida num mundo novo sem fronteiras, como vós quereis e sabeis construir!”, e o P. Pascual Chávez – representado pelo Conselheiro para a Região Europa Norte, P. Marek Chrzan – enviara por sua Mensagem esta reflexão: “A presença salesiana no campo do esporte continua sendo importante e pode ser mui significativa, atingindo muitos adolescentes e jovens, que doutra forma não receberiam nenhuma outra proposta educativa. Mas para isso deve ser fiel às opções típicas salesianas. (….) Devemos ser na área esportiva da nossa sociedade uma presença que promova uma forma alternativa de esporte, a serviço das pessoas e do seu crescimento integral”. 

Futebol, basquete, voleibol e tênis mesa: a bola em quatro das suas dimensões dominou as competições. Os Jogos foram também ótima ocasião de espairecimento familiar e um ensaio geral para uma torcida sadia e alegre nos (Jogos) Europeus de Futebol 2012 e também houve um grande espaço, obviamente, foi dado também à dimensão religiosa da iniciativa: a capela da igreja salesiana de Santo Estanislau Kostka, em Dębniki, sempre ficou aberta para quantos quisessem entrar e parar para oração. E na noite de quarta-feira, 2, foi celebrada uma função religiosa muito participada. 
As próximas edições já estão marcadas e acontecerão na Croácia (XXIIIª edição); na Eslováquia (XXIVª); e na Itália, Turim (XXVª).

Fonte:www.infoans.org


ASMM


segunda-feira, 7 de maio de 2012

AOS PADRES DO BRASIL - JMJ 2013


Em uma carta mensal, direcionada aos Presbíteros, Dom Eduardo Pinheiro enfatiza que Maria na sua juventude respondeu ao chamado de Deus positivamente, revolucionando a historia da humanidade e dando a sua vida um sentido, respondendo sim, impulsionada pelo Espírito Santo. Neste ano no mês de maio teremos a comemoração da Solenidade de Pentecostes. 

Nesta carta a um convite, para que em clima de Jornada Mundial da Juventude exista uma contemplação dos jovens a quem Deus confiou aos padres para amar e servir! Com isto a carta oferece alguns questionamentos na vida pratica de cada sacerdote, de como tem contribuído para que os jovens respondam ao chamado que Deus faz a cada um. 

Também indica que entre tantos jovens crismados, muitos acabam "sumindo do mapa", há então a indicação de se elaborar estratégias para organizar visitas aos jovens que passaram por nossas paróquias nos últimos anos, feita por jovens mais engajados tornando assim uma atitude concreta da JMJ 2013

Para este mês de maio há também um convite especial de um aprofundamento espiritual pascal, mariano a luz do Espírito Santo, recordando pessoas que fizeram parte da vida e da missão de Jesus, como: São José, São Domingos Sávio, os Apóstolos São Felipe, São Marcos e São Matias, N. Senhora Auxiliadora, e São Felipe Neri. 


Ao final Dom Eduardo Pinheiro, faz uma entrega especial de pastores e ovelhas aos olhares maternos e auxiliadores a Nossa Senhora Aparecida.

Clique aqui e Leia a carta na integra: www.jovensconectados.org.br/cartas

ASMM



domingo, 6 de maio de 2012

CONVITE


São Domingos Sávio, com apenas 15 anos, aliou inocência e pureza angélicas à sabedoria de homem maduro, alcançando a heroicidade das virtudes


Nascido em Riva, vila de Castelnuovo de Asti, em 2 de abril de 1842, São Domingos Sávio, Filho de Carlos Sávio e Brígida Agagliate, teve como diretor espiritual e mestre o grande São João Bosco.
Dotado de uma índole doce e um coração piedoso, desde os quatro anos já rezava. Certo dia, durante um almoço em sua casa oferecido a um visitante, não tendo este rezado antes de começar a comer, Domingos pegou seu prato e retirou-se a um canto. Seu pai perguntou-lhe depois por que fizera isso. Ele respondeu: “Não me atrevo a pôr-me à mesa com uma pessoa que começa a comer como o fazem os bichos”.
Aos cinco anos, ia à igreja com sua mãe; sua atitude devota chamava a atenção de todos. Se o templo estava ainda fechado, ajoelhava-se junto à porta, e aí ficava orando até que fosse aberto, não lhe importando se chovia ou nevava, se fazia calor ou frio. Já nesta idade, aprendeu a ajudar a Missa, e fazia com muita devoção, apesar da dificuldade que tinha para transportar o enorme missal.
Tinha como programa de vida: “Antes morrer que pecar”
o tempo de aprender as primeiras letras, “como estava dotado de muito engenho, e era muito diligente no cumprimento de seus deveres, fez em breve tempo notáveis progressos nos estudos”.
Evitava todos os meninos arruaceiros e só estabelecia amizade com os de boa conduta.
Domingos confessava-se freqüentemente. Tão logo soube distinguir entre “o pão celestial e o terreno”, foi admitido à Primeira Comunhão, aos sete anos, quando na época a idade mínima para tal era 12 anos.
Pode-se perceber a maturidade do menino nos propósitos que deixou registrados nesse dia:
“Propósitos que eu, Domingos Sávio, me propus no ano de 1849, quando fiz a Primeira Comunhão, aos 7 anos de idade:
1o. Confessar-me-ei muito amiúde e receberei a Sagrada Comunhão sempre que o confessor me permita;
2o. Quero santificar os dias de festa;
3o. Meus amigos serão Jesus e Maria;
4o. Antes morrer que pecar.
Este último propósito, feito por um menino de tão tenra idade, mostra a que ponto haviam chegado sua precoce maturidade e sua virtude. Tornou-se ele seu programa de vida.
Por amor de Deu, sofre injustiça calado.
Ao finalizar o primário em Mondonio, para onde se havia mudado, Domingos tinha que ir até Castelnuovo duas vezes por dia, ida e volta, o que representava uma caminhada de quase 20 quilômetros diários. Para um menino de 10 anos, e franzino de compleição, era um esforço grande. Mas, movido pelo desejo de estudar para abraçar o sacerdócio, fazia alegremente o sacrifício.
Inteligênte e aplicado, obteve sempre o primeiro lugar na classe, além de outras distinções por seu bom comportamento e pelo cumprimento dos deveres.
Determinado dia, alguns colegas seus encheram de pedras a estufa da classe. Era uma grave falta de disciplina, que merecia como penalidade a expulsão dos infratores. Estes, porém, acusaram Domingos Sávio de ter sido o autor do ato. O mestre, um sacerdote, embora duvidando, teve que ceder ante as evidências que lhe apresentavam. Chamou Domingos, mandou-o ajoelhar-se na frente da classe, e diante de todos os seus colegas passou-lhe um pito, dizendo que só não o expulsava por ter sido sua primeira falta. Domingos abaixou a cabeça e nada disse.
No dia seguinte, descobriu-se a verdade. O sacerdote chamou então Domingos e perguntou-lhe por que não se havia justificado. Ele disse que queria imitar Nosso Senhor, que foi acusado injustamente e não se defendeu. Além do mais, sabia que sua defesa poderia ter causado a expulsão de outros alunos. Como seria sua primeira falta, sabia que seria perdoado.
Declaração de guerra: morte ao pecado mortal
A devoção do pequeno Domingos para com Nossa Senhora era extrema. No dia 8 de dezembro de 1854, ano da proclamação do dogma da Imaculada Conceição pelo Bem-aventurado Papa Pio IX, ante o altar da Virgem, ele renovou seus propósitos da Primeira Comunhão e fez esta oração: “Maria, eu vos dou meu coração; fazei com que seja vosso. Jesus e Maria, sede sempre meus amigos; mas, por vosso amor, fazei com que eu morra mil vezes antes que tenha a desgraça de cometer um só pecado”.
Esse horror ao pecado era muito vivo em Domingos, que costumava dizer: “Quero declarar guerra de morte ao pecado mortal”.
Mas não era só ao pecado mortal. Dizia: “Quero pedir muito, muito, à Santíssima Virgem e ao Senhor que me mandem antes a morte que deixar-me cair em um pecado venial contra a modéstia”.
Isso não se obtém sem uma pureza angélica. Essa virtude terá sido obtida à custa de muita oração e vigilância? Ou, conforme declarou São João Rua, seu condiscípulo no Oratório, no processo de beatificação: “Tenho a convicção de que Domingos, por singular privilégio, não estava sujeito a tentações contra a castidade”.
Desejo intensíssimo de santidade
Seis meses após a entrada de Domingos Sávio no Oratório, Dom Bosco fez aos alunos uma preleção sobre o dever que todos têm de serem santos, e a facilidade que há nisso, caso se busque em todas as coisas a vontade de Deus com toda simplicidade. Isso inflamou beneficamente Domingos Sávio, que foi procurá-lo e disse: “Quero dizer-vos que sinto um desejo e uma necessidade de fazer-me santo. Nunca teria imaginado que alguém pode chegar a ser santo com tanta facilidade; mas agora que vi que alguém pode muito bem chegar a ser santo estando sempre alegre, quero absolutamente e tenho absoluta necessidade de ser santo”.
Procedendo como experimentado diretor espiritual, Dom Bosco relata: “A primeira coisa que lhe aconselhei, para chegar a ser santo, foi que trabalhasse em ganhar almas para Deus, pois não há coisa mais santa nesta vida do que cooperar com Deus na salvação das almas, pelas quais Jesus Cristo derramou até a última gota de seu preciosíssimo sangue”.
Domingos transformou esse conselho em programa de vida, tornou-se um batalhador. “Não deixava passar ocasião de dar bons conselhos e avisar a quem dissesse ou fizesse coisa contrária à santa lei de Deus”. Exclamava: “Quão feliz seria se pudesse ganhar para Deus todos os meus companheiros!”. Dizia também que gostaria muito de reunir as crianças para ensinar-lhes o catecismo. Tinha presente quantas crianças, ao chegar à idade da razão, corrompem-se moralmente e perdem suas almas. A esse propósito, observou: “Quantos pobres meninos se condenam talvez eternamente por não haver quem os instrua na fé!”
Zelo pela conversão da Inglaterra
Seu zelo ia muito além. Não se restringia à sua vida espiritual, seus horizontes eram largos. Várias vezes disse a D. Bosco: “Quantas almas esperam nossos auxílios na Inglaterra! Oh! Se eu tivesse forças e virtude, quisera ir agora mesmo, e com sermões e bom exemplo, convertê-las todas a Deus”. Ele teve mesmo uma visão a esse respeito, e pediu que Dom Bosco a comunicasse ao Papa, quando fosse a Roma.
São João Rua afirmou: “Era verdadeiramente admirável que em um jovenzinho de sua idade reinasse tanto zelo pela glória de Deus, até o ponto de sentir horror e mesmo sofrer fisicamente quando ouvia alguém blasfemar, ou via de qualquer modo ofender-se a majestade de Deus”.
Outro condiscípulo mostra seu amor combativo pela fé, contra as heresias: “Naqueles tempos, mais de uma vez encontrei emissários protestantes vindos expressamente ao Oratório para semear seus erros. E um dos mais solícitos para impedi-los nessa ação era o jovenzinho Domingos Sávio”.
“Sua oração predileta – afirma Dom Bosco – era a coroa ao Sagrado Coração de Jesus para reparar as injúrias que recebe dos hereges, infiéis e maus cristãos”.
São Domingos Sávio faleceu santamente no dia 9 de março de 1857 aos 15 anos de idade. E Dom Bosco tinha tanta certeza de sua santidade e futura canonização, que, num epitáfio que lhe escreveu, diz: “[...] Os que, havendo experimentado os efeitos de sua celestial proteção, gratos e ansiosos, esperam a palavra do oráculo infalível de nossa Santa Mãe a Igreja”.
Enfim, muita coisa poder-se-ia ainda dizer sobre São Domingos Sávio, um grande jovem santo que deixou um legado de amor e entrega a Deus, devotando um amor intenso a Jesus e Maria.




Fonte:www.catolicismo.com.br


ASMM

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Um convite especial feito pelo Papa Bento XVI

Papa convidou a todos fiéis a conhecerem melhor e seguir o exemplo de Nossa Senhora

O Papa Bento XVI convidou os fiéis a rezarem o terço neste mês de maio, o qual a Igreja dedica à Nossa Senhora.
O Santo Padre exortou os fiéis para que neste mês: "conhecerem melhor e seguirem o exemplo de Nossa Senhora", e orientou à vivência de "uma oração diária mais intensa e fiel". Em particular, sugeriu a oração do terço, conforme a Santa Igreja recomenda e segundo o desejo expresso repetidamente pela Virgem Maria. 

Em seguida, concedeu sua benção apostólica juntamente com os votos de "todo o bem" para cada um e suas famílias. 
Fonte: cancaonova.com
ASMM

“Maìn, La casa della felicità” - O novo filme dedicado a Maria Domingas Mazzarello

O novo filme dedicado a Maria Domingas Mazzarello (1837-1881). “Maìn, La casa della felicità” (MAÍN, A casa da felicidade), fruto de um projeto de comunicação desejado pelo Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora e tornado possível graças à contribuição de todas as Inspetorias das mesmas FMA, será lançado no dia 4 de maio, na Sala Petrassi, do Auditorium Parco della Musica, de Roma.
Nesta etréia estarão presentes a Superiora Geral das FMA, Madre Yvonne Reungoat, o Reitor-Mor dos SDB, P. Pascual Chávez Villanueva; o seu Vigário, P. Adriano Bregolin; membros dos dois Conselhos Gerais, alguns Sres. Bispos salesianos e alguns atores do elenco, tendo à frente o Diretor de Cinema Simone Spada
No filme vários artistas profissionais participaram, sendo que “Maín, A casa da felicidade” é o segundo filme dedicado a Maria Domingas, cofundadora com Dom Bosco do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora. O primeiro – “Tralci di una terra forte” (1969), realizado pela Rolfilm e dirigido por Giuseppe Rolando – contou com a intensa contribuição da Ir. Maria Pia Giudici. O novo longa-metragem contou agora com outra fma protagonista, a qual desejou intensamente, acompanhou e realizou o projeto: a Ir. Caterina Cangià.
“A decisão da Madre com o Conselho Geral foi uma opção corajosa […]; o pedido de um filme, parece tenha partido das pessoas que convivem conosco, das que partilham a nossa missão educativa, que amam Maria Domingas – declarou a Ir. Cangià durante a elaboração do filme –. Comunicar hoje é urgente; e é urgente fazer ver, com linguagem mais entendida pelo povo, com o cinema exatamente, que custodiamos um carisma extraordinário, carisma a ser testemunhado no hoje”.
Além da apresentação de 4 de maio, acontecerá ainda mais duas apresentações: um no dia 13 de maio, em Mornese, terra natal, onde viveu e trabalhou Maria Domingas Mazzarello; e no dia seguinte, 14 de maio, no Cinema Máximo, do Museu do Cinema, em Turim. “Maìn, La casa della felicità” estará a partir de 15 de maio, nas salas cinematográficas italianas, sobretudo paroquiais.
O filme também será difundido também em DVD, e deve chegar às comunidades fma de todo o mundo até o dia 5 de agosto, data aniversário de fundação do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora (5 de agosto de 1872). “Maìn, La casa della felicità” será dublado em várias línguas, entre as quais o português, o francês, o inglês, o espanhol, o japonês, o alemão, o polonês e o vietnamita; e legendado em outros idiomas.
Ulteriores informações e ‘trailer’ do filme, disponíveis no site:www.multideafilm.com
ASMM

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Vigília pelo 1º ano da beatificação de JPII, teve participação de milhares de Jovens



Milhares de jovens participaram de uma vigília de oração no dia 30 de abril em Roma, para marcar a celebração do primeiro aniversário da Beatificação do Papa João Paulo II neste dia 01 de maio. 

Organizado pelo Setor da Pastoral Universitária e da Pastoral Juvenil do Vicariato de Roma, o evento aconteceu no local onde Joao Paulo II encontrou-se com com mais de dois milhões de jovens durante a Jornada Mundial da Juventude no ano 2000, ao redor da Cruz da Praça João Paulo II da Universidade Tor Vergata. 

O responsável pela pastoral juvenil da diocese de Roma, Padre Mauricio Mirilli, em declaração a Rádio Vaticano exclamou: “é quase uma necessidade recordar a beatificação! Uma necessidade dos jovens e dos não tão jovens que viveram tantas e belíssimas experiências com João Paulo II, uma necessidade de reunir-se em torno daquele lugar, Tor Vergata, que também é muito importante para todo os italianos”. 

Afirmou ainda que é “a primeira vez que organizamos um evento tão grande sob esta Cruz. O lugar no qual João Paulo II convidou os jovens a não se resignarem, a lutar pelo bem. Em um período de crise como o atual, precisamos ouvir novamente esta mensagem”. 

No dia 1º de maio, recordando o Papa Wojtyla, o Cardeal Angelo Sodano, que foi seu Secretário de Estado e que agora é Decano do Colégio Cardinalicio, celebrou uma Missa na Igreja de Santo Estanislau in via delle Botteghe Oscure. Nesta igreja onde se reúnen os poloneses, está exposta uma relíquia dada de presente pelo atual Arcebispo de Cracóvia que foi secretário pessoal de João Paulo II por mais de 40 anos, o Cardeal Stanislaw Dziwisz: um relicário que contém um fragmento de roupa com sangue do Beato. Também será exibido o hábito talar do Pontífice polonês
Oração para pedir graças por intercessão de JPII

Ó Trindade Santa, nós Vos agradecemos  por ter dado à Igreja o Beato João Paulo II e por ter feito resplandecer nele a ternura da vossa Paternidade, a glória da cruz de Cristo e o esplendor do Espírito de amor.

Confiando totalmente na vossa infinita misericórdia e na materna intercessão de Maria, ele foi para nós uma imagem viva de Jesus Bom Pastor, indicando-nos a santidade como a mais alta medida da vida cristã ordinária, caminho para alcançar a comunhão eterna Convosco. Segundo a Vossa vontade, concedei-nos, por sua intercessão, a graça que imploramos, na esperança de que ele seja logo inscrito no
número dos vossos santos. Amém.

Com a aprovação eclesiástica
AGOSTINO CARD. VALLINI
Vigário Geral de Sua Santidade para a Diocese de Roma
Comunicar as graças recebidas a:
Postulazione della Causa di Canonizzazione
del Beato Giovanni Paolo II
Piazza S. Giovanni in Laterano, 6/a – 00184 Roma


ASMM

terça-feira, 1 de maio de 2012

Mãe Dulcíssima

video



Maio mês de nossa Mãe Maria, aqui uma homenagem feita pelo assistente José Rodolfo antes de entrar para seminário, esta é uma homenagem aquela que deu seu sim pelo amor a Deus, dizendo que aceitava ser mãe do Filho de Deus, e por conseqüência assumiu nossa maternidade.

Por isso convidamos você neste mês de maio dar a nossa Mãe Maria Santíssima, um lindo buquê de flores, ou um lindo buquê de amor, feito de pequenos gestos com a própria vida.

ASMM